Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

ENTRETENIMENTO

BET Awards pede desculpas por silenciar discurso de Usher

O cantor compareceu ao evento para receber o prêmio pelo conjunto de sua obra

BET Awards pede desculpas por silenciar discurso de Usher
Foto: Instagram @usher

Na última segunda (1) o BET Awards pediu desculpas a Usher por silenciar grande parte de seu discurso de aceitação na noite de domingo (30).

O cantor estava presente para receber o prêmio pelo conjunto de sua obra no Peacock Theatre em Los Angeles. Ele começou seu discurso comentando que não havia preparado o que falar. A partir daí, o áudio foi cortado por quase quatro minutos do discurso de 13 minutos.

BET Awards pede desculpas por silenciar discurso de Usher

Foto: Instagram @usher

“Devido a um mau funcionamento do áudio durante a transmissão Ao Vivo, partes de seu discurso foram inadvertidamente silenciadas. Celebrar o ícone global Usher em nosso palco com uma homenagem repleta de estrelas e tê-lo aceitando seu prêmio com um discurso sincero foi uma honra… Estendemos nossas sinceras desculpas a Usher, pois não poderíamos estar mais gratos por sua participação na Maior Noite da Cultura”, compartilhou o BET em comunicado à Billboard.

As especulações tomaram conta das redes sociais apontando o motivo pelo qual o discurso de Usher havia sido censurado, com muitos deduzindo que tinha a ver com palavrões. Outros apontaram que ele estava falando sobre seu relacionamento com Sean “Diddy” Combs, embora isso tenha sido rapidamente desmentido pelos presentes e por um vídeo do discurso completo postado no canal do YouTube na conta oficial do BET.

Usher faz discurso sobre família e perdão no BET Awards

No último domingo (30), o cantor Usher recebeu o reconhecimento pelo conjunto de sua obra no BET Awards e fez um discurso falando sobre família, paternidade e perdão.

“Chegar aqui definitivamente não foi fácil, mas valeu a pena”, disse o cantor e compositor de 45 anos.

“Esse prêmio, não sei, cara, é muito cedo para recebê-lo? Porque ainda estou correndo e atirando como fazia quando tinha oito anos”, afirmou.

Ele começou falando sobre seu pai, Usher Raymond III, que deixou sua família quando ele era bebê. “Eu estava tentando entender esse nome que um homem me deu e que não ficou por perto porque não me amava”, disse ele, tirando os óculos para que o público pudesse realmente vê-lo. “Você precisa ter um coração misericordioso para compreender as verdadeiras armadilhas e dificuldades de um homem negro na América. E meu pai, ele foi um produto disso.”

“Temos que estar dispostos a perdoar. Temos que estar dispostos a ser abertos. Estou lhe dizendo, você está diante de um homem que teve que perdoar um homem que nunca apareceu. E olha o que eu fiz com isso. Veja o que consegui. Mas isso é o que é real. É isso que nos torna humanos. É isso que nos torna mulheres e homens.”, afirmou.

Vale lembrar que ele estava acompanhado de vários familiares no evento, sua esposa, Jennifer Goicoechea Raymond, a mãe Jonnetta Patton, os filhos Naviyd Raymond e Usher Raymond V e o irmão J. Lack.

Vale destacar que Usher também recebeu o prêmio de melhor artista de R&B e hip-hop na cerimônia.

Assista:

Matéria escrita por

É jornalista pós graduada em Jornalismo Cultural. Teve passagens pelos sites O Fuxico e Famosidades. Em 2010 criou o site Latinidade, dedicado a música latina. É fotógrafa especializada em shows e eventos. Ja foi membro do Grammy Latino.

Leia também

ENTRETENIMENTO

"Acabei com a confiança da pessoa que eu mais amo. Eu tô de verdade sem chão", disse o atleta

ENTRETENIMENTO

No vídeo postado nas redes sociais, a artista contou que o atleta mantinha conversas com outra mulher

REGGAE

Com Ali Campbell, grupo britânico se apresenta no país entre os meses de outubro e novembro

ENTRETENIMENTO

Autor alegou que foi induzido ao erro e culpa emissora e apresentadores por ter que pagar juros do financiamento de carro