Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

SERTANEJO & FORRÓ

Ecad emite nota de pesar pela morte do cantor Chrystian

Artista faleceu na noite desta quarta-feira (19), aos 67 anos

Ecad emite nota de pesar pela morte do cantor Chrysti
Foto: Divulgação

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) emitiu na manhã desta quinta-feira (20) uma nota de pesar pelo falecimento do cantor Chrystian, que morreu na noite anterior, aos 67 anos.

O escritório ressalta que Chrystian “foi um dos importantes representantes do sertanejo no país e, ao lado do irmão Ralf, formou uma dupla de sucesso e que marcou gerações. Neste momento de muita tristeza, o Ecad se solidariza com seus familiares, amigos e fãs”.

Ecad emite nota de pesar pela morte do cantor Chrysti

Foto: Divulgação

Nova York, música de Chrystian em parceria com Ralf, foi a sua canção mais tocada nos últimos 10 anos no Brasil, nos principais segmentos de execução pública. Da lista de suas composições na gestão coletiva, ela também foi a mais regravada até o momento.

Entre os intérpretes que mais gravaram canções de autoria de Chrystian até agora, o top três ficou com Zé Davela na liderança, Zezé di Camargo e Luciano na segunda posição e, em terceiro lugar, ficaram Jorge e Mateus.

Em seu legado musical, Chrystian deixa 50 obras musicais e 461 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. A Lei dos Direitos Autorais (9.610/98) determina que os seus herdeiros continuarão a receber os rendimentos em direitos autorais por suas músicas por 70 anos após sua morte (ou de autores parceiros, no caso de músicas feitas em parcerias).

Cantor morreu na noite desta quarta-feira (19), aos 67 anos em São Paulo

Chrystian, que fazia dupla com Ralf, morreu na noite desta quarta-feira (19) após ser internado em São Paulo, no Hospital Samaritano, com uma “condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”, conforme informou a assessoria de imprensa do artista.

A família de Chrystian emitiu uma nota sobre o falecimento do lendário artista, ressaltando que “sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil“.

“Com imenso pesar, a família e a equipe de Chrystian, comunicam o falecimento do nosso querido esposo, pai e artista, ocorrido no Hospital Samaritano, em São Paulo. Chrystian dedicou 60 anos de sua vida àzmúsica sertaneja, construindo uma carreira brilhante e marcada por inúmeros sucessos. Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil”, diz o comunicado oficial da família do cantor.

Chrystian já estava enfrentando problemas de saúde desde fevereiro, quando foi internado no Hospital do Rim, da Fundação Oswaldo Ramos, onde se preparava para um transplante de rim, órgão o qual o cantor teve o diagnóstico de rim policístico, uma condição genética. Sua esposa, Key Vieira, faria a doação.

Contudo, a cirurgia havia sido adiada para o final deste ano.

“Esse procedimento exige o uso de uma medicação para afinar o sangue, por seis meses, e durante este tratamento não é permitido que seja realizada uma cirurgia”, disse uma nota de esclarecimento que foi publicada na rede social do artista.

Confira as 10 músicas mais ouvidas de autoria de Chrysstian nos últimos 10 anos

1. Nova York
2. Saudade
3. Tarde demais
4. Chora peito
5. Ausência
6. Desejo de amar
7. Noite de tortura
8. Quero colo
9. 8 segundos
10. Dez minutos

Matéria escrita por

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Já realizou reportagens musicais na Record TV para o Domingo Espetacular e Jornal da Record. Foi vencedor do Prêmio TopBlog em 2010 e membro do Grammy Latino.

Leia também

ENTRETENIMENTO

"Acabei com a confiança da pessoa que eu mais amo. Eu tô de verdade sem chão", disse o atleta

ENTRETENIMENTO

No vídeo postado nas redes sociais, a artista contou que o atleta mantinha conversas com outra mulher

REGGAE

Com Ali Campbell, grupo britânico se apresenta no país entre os meses de outubro e novembro

ENTRETENIMENTO

Autor alegou que foi induzido ao erro e culpa emissora e apresentadores por ter que pagar juros do financiamento de carro