Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

POP

Gravadora de Sinéad O’Connor critica Trump por uso de música em comício 

sinead o connor facebook 1
Foto: Reprodução / Facebook / Sinéad O Connor

A gravadora Chrysalis Records e o espólio da cantora Sinéad O’Connor entraram com um pedido para que Donald Trump pare de usar as músicas da artista em comícios políticos.

No mês passado, Trump tocou a música mais conhecida de O’Connor, Nothing Compares 2 U, em um evento de campanha em Maryland.

sinead o connor facebook 1

Foto: Reprodução / Facebook / Sinéad O Connor

“É bem sabido que Sinéad O’Connor viveu de acordo com um código moral feroz definido por honestidade, bondade, justiça e decência para com seus semelhantes”, inicia o comunicado.

“Como guardiões de seu legado, exigimos que Donald Trump e seus associados desistam imediatamente de usar sua música”, finaliza a nota.

Vale lembrar que a cantora irlandesa, que morreu em 2023, era ativista e dava opiniões sobre sexo, religião e guerra. Segundo a gravadora, ela ficaria “enojada, magoada e insultada” de ver seu trabalho sendo usado por alguém que ela chamava de “demônio bíblico“.

Matéria escrita por

É jornalista pós graduada em Jornalismo Cultural. Teve passagens pelos sites O Fuxico e Famosidades. Em 2010 criou o site Latinidade, dedicado a música latina. É fotógrafa especializada em shows e eventos. Ja foi membro do Grammy Latino.

Leia também

ENTRETENIMENTO

"Acabei com a confiança da pessoa que eu mais amo. Eu tô de verdade sem chão", disse o atleta

ENTRETENIMENTO

No vídeo postado nas redes sociais, a artista contou que o atleta mantinha conversas com outra mulher

REGGAE

Com Ali Campbell, grupo britânico se apresenta no país entre os meses de outubro e novembro

ENTRETENIMENTO

Autor alegou que foi induzido ao erro e culpa emissora e apresentadores por ter que pagar juros do financiamento de carro