Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

ENTREVISTAS

Lauv revela detalhes sobre o álbum “All 4 Nothing”

Lauv revela detalhes sobre o álbum "All 4 Nothing"
Foto: Divulgação

O cantor e compositor Lauv lançou recentemente o segundo álbum de estúdio, intitulado All 4 Nothing, que passeia em contar seus relatos pessoais, em que o artista relevou estar passando por uma grande crise existencial. E este trabalho é sobre o artista se tentando se encontrar e o seu caminho de volta para a criança interior.

“Definitivamente, eu estava em casa, então, obviamente, eu ficava no estúdio de 10 a 12 horas por dia e a grande diferença no processo para este álbum é que escrevi muito freestyle no microfone”, contou ao entrar ao vivo numa chamada de vídeo no seu pré-lançamento realizado na Universal Music

Confira a entrevista:

Daniel Outlander: Você lançou seu novo álbum “All For Nothing”. Como foi o processo desse álbum e o que ele representa para você? 

Lauv: Representa o momento que me desapego, como se estivesse realmente ansioso e estressado da minha carreira e realmente tentando me controlar. Este álbum foi sobre deixar ir. Me divertindo e encontrando minha conexão com minha criança interior e ser livre, que foi especialmente importante para mim. Quando estava trancado, e era meio que isso, o meu senso de mostrar a liberdade interna.

Lauv revela detalhes sobre o álbum "All 4 Nothing"

Foto: Divulgação

Daniel Outlander: Com o álbum, você lançou o videoclipe “Stranger”. Você participou da criação desse vídeo? 

Lauv: Sim, eu só sabia e queria fazer algo. Eu fiz alguns vídeos com Hannah Lux Davis, e ela é incrível. E nós estávamos falando sobre isso. Eu realmente quis fazer algo como um carro se enchendo de água, representando a ansiedade que às vezes vem. A ideia de tentar um relacionamento com alguém ou se apaixonar quando você sabe como é e quantas vezes você estragou tudo no passado. Ela deu vida para um outro nível. 

Daniel Outlander: Você fez muito durante a pandemia. Como que isso afetou seu olhar para o mundo e a música?

Lauv: Eu tive muita perspectiva de como eu queria equilibrar minha vida, porque percebi que na primeira parte da pandemia e estava 10 a 12 horas durante o dia vivendo de música, porque era tudo podia fazer. Então eu estava como eu realmente gostaria. Eu não sei se preciso equilibrar mais minha vida e prestar mais atenção nas pessoas que me amam e que eu amo. Gosto de relaxar e não ficar tão obcecado com meu trabalho o tempo todo. Isso foi uma coisa enorme. 

Daniel Outlander: Recentemente você celebrou o lançamento desse novo álbum com uma festa no iHeartRadio. Me conta um pouco sobre esse momento? 

Lauv: Foi incrível, mas foi um pouco estranho porque tinha câmeras entre mim e o público. Foi um pouco difícil, mas foi realmente um show muito divertido estar de volta tocando novamente. Isso só me deixou muito animado para minha turnê. 

Daniel Outlander: Você recebeu muitas mensagens sobre isso? 

Lauv: Na verdade, tem sido principalmente muito, muito bom. Fiquei surpreso porque estava meio nervoso. Eu gosto de ler os comentários na internet, mesmo sabendo que algumas pessoas não gostam, mas a maioria das mensagens foram realmente positivas. Recebo bastante sobre qual a música preferida, mas a tantos que são diferentes para todos, o que eu acho que é um bom sinal porque acho que isso significa que é realmente um álbum.

Daniel Outlander: A pergunta que não quer calar: quando teremos Lauv no Brasil? 

Lauv: Eu gostaria de ter as datas aqui para falar para você, mas definitivamente estou trabalhando nisso e vai ser super doentio quando eu vier. Estou tão animado.

Daniel Outlander: Além do novo álbum, quais projetos estão sendo preparados, você pode nos dizer algo?

Lauv: Agora eu tenho relaxado um pouco mais. Eu tenho feito música por diversão sem pensar no que vai vir depois, mas claro que em breve vai ter mais música vindo. Sinto que sou uma daquelas pessoas que está sempre fazendo algo que então certeza de que serão coisas.

Daniel Outlander: Você já fez colaboração com muitos artistas. Há alguém que você quer fazer uma música? 

Lauv: Eu adoraria fazer uma música com o Coldplay e Rex Orange County. Honestamente, eu adoraria trabalhar com Bad Bunny e Drake. Há muitas pessoas que eu adoraria e isso é incrível. 

Daniel Outlander: Você conhece algum artista brasileiro? 

Lauv: Tenho certeza de que sim, mas deu branco, mas definitivamente eu faria uma colaboração! 

Daniel Outlander: Teremos videoclipes das outras faixas? 

Lauv: Definitivamente faremos mais alguns videoclipes. Ainda não tenho certeza de quais músicas. Tipo quero ver. Você sabe, enquanto eu toco as músicas ao vivo, a inspiração meio que se transforma, mas tenho certeza de que haverá mais videoclipes.

Daniel Outlander: Você é um jovem artista e tem muita paixão pela música. Qual sua motivação para ser o melhor artista? 

Lauv: Eu sempre estou querendo fazer uma arte mais honesta e detalhada e ao mesmo tempo relacionável como eu acho que isso. Eu acho que é apenas um desafio e eu adoro isso, mesmo quando isso me destrói, eu amo isso. Então. Digo que é um navio-tanque de cargas incrível para o céu.

Matéria escrita por

Leia também

ENTRETENIMENTO

No vídeo postado nas redes sociais, a artista contou que o atleta mantinha conversas com outra mulher

ENTRETENIMENTO

"Acabei com a confiança da pessoa que eu mais amo. Eu tô de verdade sem chão", disse o atleta

ENTRETENIMENTO

Glória Pires chegou a oferecer R$ 35 mil, mas a oferta foi recusada por ex-cozinheira

ENTRETENIMENTO

Autor alegou que foi induzido ao erro e culpa emissora e apresentadores por ter que pagar juros do financiamento de carro