Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

ROCK

R.E.M.: Michael Stipe revela que não previa que “Out Of Time” seria um sucesso  

R.E.M: Michael Stipe revela que não previa que "Out Of Time" seria um sucesso  
Foto: Site oficial

O ano de 1991 foi icônico para o rock mundial. Pudera: álbuns como Nevermind do Nirvana e Ten do Pearl Jam foram exemplos fidedignos de sucesso artístico e comercial e o apelo destes respectivos álbuns continuam mais vivos do que nunca hoje em dia. Mas você jamais poderá ignorar o grande valor que Out Of Time, clássico do R.E.M. lançado naquele ano, foi importante e determinante para o gênero na década de 1990.

R.E.M: Michael Stipe revela que não previa que "Out Of Time" seria um sucesso  

Foto: Site oficial

Michael Stipe, hoje com 61 anos, e Mike Mills com 62, concederam uma entrevista para o jornalista Matt Wilkinson como uma forma de celebrar os 30 anos de Out Of Time.

“Eu realmente gosto muito do disco. Na verdade, eu amo o disco, a maior parte ele”, disse Michael Stipe. “Você faz alguma coisa, isso se torna parte do seu DNA. Quer dizer, nós trabalhamos muito e por tanto tempo nessas músicas e as letras e descobrir as melodias e então descobrir como tudo vai se encaixar. Você se afasta disso, e você realmente não olha para trás”, explicou.

“Honestamente, estou ficando arrepiado só de pensar nisso agora porque havia tanta alegria”, relembra Mike Mills. “Quero dizer, ao começar essa música e tocá-la, você deixou tantas pessoas muito felizes que era apenas um prazer em fazê-lo. Ser capaz de elevar tanto o nível de energia e o prazer de todos, ainda é emocionante pensar nisso”.

R.E.M.: Michael Stipe revela que não previa que "Out Of Time" seria um sucesso  

Foto: Divulgação | Warner Music | I.R.S. Records

Mills também analisou a performance do clássico Losing My Religion e revelou não prever que a música seria um sucesso estrondoso, como aconteceu em 1991, dominando os charts de todo o mundo: “Não, não esperávamos (que fosse um sucesso). Você não pode realmente, a menos que seja Max Martin ou esteja fazendo um álbum de Kylie Minogue, você não sabe, você não pode saber o que vai acontecer. Você pode, não sei, especialmente com o que aconteceu com Losing My Religion. Como já dissemos, é uma música de cinco minutos sem refrão perceptível, e o bandolim é o instrumento principal. Não há absolutamente nenhuma maneira de prever que a música seria um sucesso”, explicou.

Sobre outro sucesso, Shiny Happy People, Michael Stipe falou sobre a concepção da música: “A banda tinha acabado de me apresentar esse tipo de música idiota. E eu fiquei tipo: “Vou te desafiar nisso”. “Então”, você está me dando isso para escrever também? Verifique essa m****!”. Então, nunca olhamos para trás!”, disse.

Out Of Time foi lançado no dia 12 de março de 1991 pela Warner Bros. Records, via I.R.S.. As sessões de gravação ocorreram em vários estúdios dos EUA, incluindo o lendário Paisley Park Studios de propriedade do cantor Prince (1958-2016). O álbum foi um dos mais vendidos da década de 1990, com 4,5 milhões de cópias apenas nos EUA e outras 18 milhões em todo o mundo.

O disco rendeu três prêmios Grammy para o R.E.M. em 1992 nas categorias Melhor Álbum de Música Alternativa e Melhor Vídeo Curto e Melhor Performance por um duo ou grupo com Vocal para o single Losing My Religion.

 

Matéria escrita por

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Já realizou reportagens musicais na Record TV para o Domingo Espetacular e Jornal da Record. Foi vencedor do Prêmio TopBlog em 2010 e membro do Grammy Latino.

Leia também

ENTRETENIMENTO

"Acabei com a confiança da pessoa que eu mais amo. Eu tô de verdade sem chão", disse o atleta

ENTRETENIMENTO

No vídeo postado nas redes sociais, a artista contou que o atleta mantinha conversas com outra mulher

REGGAE

Com Ali Campbell, grupo britânico se apresenta no país entre os meses de outubro e novembro

ENTRETENIMENTO

Autor alegou que foi induzido ao erro e culpa emissora e apresentadores por ter que pagar juros do financiamento de carro