Connect with us

Digite aqui o que você está procurando!

JAZZ SOUL R&B

Tony Bennett, lenda do jazz americano, morre aos 96 anos

Tony Bennett, lenda do jazz americano, morre aos 96 anos
Foto: Reprodução / YouTube

O cantor Tony Bennett, lenda do jazz americano e dos standards, morreu nesta sexta-feira (21) aos 96 anos. A informação foi dada por Sylvia Weiner, representante do artista em uma postagem nas redes sociais.

“Tony nos deixou hoje, mas ainda outro dia ele estava cantando em seu piano, e sua última música foi ‘Because of you’, seu primeiro hit. Tony, por causa de você nós teremos suas músicas em nossos corações para sempre”, escreveu Weiner.

Tony Bennett, lenda do jazz americano, morre aos 96 anos

Foto: Reprodução / YouTube

Bennett se tornou um dos grandes nomes da música norte-americana de todos os tempos. Durante sua carreira, ele lançou mais de 70 álbuns, conquistando dois Emmy’s e 22 Grammy’s Awards. Um de seus grandes sucessos, é o clássico I Left My Heart in San Francisco.

O cantor foi diagnosticado com Alzheimer em 2016 e gradualmente foi se afastando dos palcos. A sua última aparição foi em agosto de 2021 quando se apresentou com a estrela pop Lady Gaga, com quem firmou uma grande parceria, no Radio City Music Hall em Nova York (EUA) no concerto One Last Time.

Na época, o filho de Tony Bennett manifestou preocupação quanto à condição física do pai para se apresentar no show: “Esta foi uma decisão difícil para tomarmos, já que ele é um artista capaz. Isto, porém, são ordens médicas… não estamos preocupados se ele é capaz de cantar. Estamos preocupados, de um ponto de vista físico, com a natureza humana”, disse.

Além de gravar dois álbuns com Lady Gaga, intitulados Cheek to Cheek (2014) e Love For Sale (2021), Bennett foi o último artista a trabalhar com a saudosa Amy Winehouse no single Body and Soul, nos icônicos estúdios Abbey Road em Londres em 2011.

Tony Bennett realizou uma turnê no Brasil em 2012 e, em uma entrevista ao G1, ele lembrou de sua conexão com a Bossa Nova e revelou o amor que teve pelo país: “Bem, amo ir ao Brasil e tive sorte de estar no país quando a bossa nova começou a virar moda. Eu imediatamente reconheci que seria um poderoso gênero musical”, disse naquele momento.

Matéria escrita por

Leia também

ENTRETENIMENTO

A TV Globo está planejando fazer um remake da novela Vale Tudo em 2025 e cogita convidar Lidia Brondi para o elenco da nova...

SERTANEJO & FORRÓ

Artista estava internado em um hospital na capital paulista

ROCK

No último sábado (8), os cantores Pitty e Emicida encerraram o festival João Rock, em Ribeirão Preto. Eles apresentaram o show inédito Travessia. “Mais...

ENTRETENIMENTO

Na última sexta-feira (14), a cantora Anahí falou com a imprensa mexicana e comentou que não teve mais contato com os outros integrantes do...